Número de mortos em Moçambique pode ultrapassar 1.000, mais de 15.000 pessoas estão desaparecidas após destruição massiva do Ciclone Tropical "Idai".

MAIS NOTÍCIAS

Milhares de pessoas ainda precisam ser resgatadas após um ciclone devastador atingir os países da África Austral. Espera-se que o número de mortos atinja pelo menos 1.000 pessoas, com uma estimativa de 15.000 pessoas ainda desaparecidas. Os sobreviventes estão enfrentando uma crise humanitária, com os sistemas de água e saneamento fortemente danificados pela tempestade.

Milhares de pessoas estão fazendo uma viagem sinistra até à cidade da Beira, em Moçambique, que, embora fortemente danificada, é agora um centro de esforços de salvamento. Alguns caminhavam por estradas esculpidas pelas águas revoltas, enquanto outros eram transportados por pescadores locais. Helicópteros saíram à chuva para mais um dia de esforços para encontrar pessoas agarradas a telhados e árvores. O número confirmado de mortes no Zimbábue, vizinho de Moçambique e Maláui, superou 500 na quinta-feira, com centenas mais temidas em áreas totalmente submersas pelo ciclone Idai. Aqueles que chegam à Beira …

Enorme cratera de impacto de meteoro descoberta sob o gelo da Groenlândia

Em uma área remota do noroeste da Groenlândia, uma equipe internacional de cientistas fez uma descoberta impressionante enterrada sob um quilômetro de gelo.

É uma cratera de impacto de meteoro, com 300 metros de profundidade e maior que Paris ou o anel viário em torno de Washington, DC. 
É uma das 25 maiores crateras de impacto conhecidas na Terra e a primeira encontrada em camadas de gelo do nosso planeta. 
Os pesquisadores avistaram a cratera pela primeira vez em julho de 2015, enquanto inspecionavam um novo mapa da topografia abaixo da camada de gelo da Groenlândia  e usavam dados de radar de penetração de gelo, principalmente da Operação IceBridge, uma missão aerotransportada da Nasa para rastrear mudanças no gelo polar.