Número de mortos em Moçambique pode ultrapassar 1.000, mais de 15.000 pessoas estão desaparecidas após destruição massiva do Ciclone Tropical "Idai".

MAIS NOTÍCIAS

Milhares de pessoas ainda precisam ser resgatadas após um ciclone devastador atingir os países da África Austral. Espera-se que o número de mortos atinja pelo menos 1.000 pessoas, com uma estimativa de 15.000 pessoas ainda desaparecidas. Os sobreviventes estão enfrentando uma crise humanitária, com os sistemas de água e saneamento fortemente danificados pela tempestade.

Milhares de pessoas estão fazendo uma viagem sinistra até à cidade da Beira, em Moçambique, que, embora fortemente danificada, é agora um centro de esforços de salvamento. Alguns caminhavam por estradas esculpidas pelas águas revoltas, enquanto outros eram transportados por pescadores locais. Helicópteros saíram à chuva para mais um dia de esforços para encontrar pessoas agarradas a telhados e árvores. O número confirmado de mortes no Zimbábue, vizinho de Moçambique e Maláui, superou 500 na quinta-feira, com centenas mais temidas em áreas totalmente submersas pelo ciclone Idai. Aqueles que chegam à Beira …

Haddad é condenado a pagar R$ 200 mil a promotor por danos morais

Ex-prefeito acusou promotor de pedir R$ 1 milhão em propina.


De acordo com a ação movida pelo promotor, em 2007, o político afirmou que Milani teria solicitado propina de R$ 1 milhão para não ajuizar uma ação civil pública envolvendo irregularidades no pagamento de tributos na construção do estádio do Corinthians.
Haddad também disse que era perseguido politicamente pelo promotor. As declarações foram replicadas em outros veículos de comunicação.
A acusação foi investigada pelo Tribuna de Justiça de São Paulo e pela Corregedoria do Ministério Público, mas não foi comprovada.
“Não há dúvidas de que o comportamento do requerido teve o condão de caracterizar dano moral, pois, impôs ao autor passar por situações vexatórias e delicadas, nos âmbitos profissional, familiar e social, tendo que enfrentar o descrédito da sociedade e de seus pares diante da séria acusação de corrupção passiva e prevaricação”, escreveu o magistrado.

Em nota, a defesa de Haddad afirma que ainda não foi intimada sobre a sentença e diz receber "com apreensão" a notícia da condenação em danos morais a favor do Promotor Dr. Marcelo Milani e garante que serão apresentados os "recursos cabíveis" em caso de intimação oficial.