Detectores celestes de monóxido de carbono podem alertar para um mundo distante repleto de formas de vida simples.

MAIS NOTÍCIAS

Para alguns mundos distantes, o monóxido de carbono pode realmente ser compatível com uma biosfera microbiana robusta.


Astrônomos assumiram que um acúmulo de monóxido de carbono na atmosfera de um planeta seria um sinal claro de falta de vida. Agora, uma equipe de pesquisadores liderada pela UC Riverside está argumentando o contrário: os detectores celestes de monóxido de carbono podem realmente nos alertar para um mundo distante repleto de formas de vida simples.
"Com o lançamento do Telescópio Espacial James Webb daqui a dois anos, os astrônomos poderão analisar as atmosferas de alguns exoplanetas rochosos", disse Edward Schwieterman, principal autor do estudo e membro do Programa de Pós-Doutorado da NASA no Departamento de Ciências da Terra da UCR. "Seria uma pena ignorar um mundo habitado porque não consideramos todas as possibilidades."
Em um estudo publicado no The Astrophysical Journal, a equipe de Schwieterman usou modelos computacionais de qu…

As Forças de Defesa de Israel estão a caminho de Brumadinho/MG, conforme noticiado em Twitter



"Estamos nos preparando para enviar uma delegação de ajuda humanitária das FDI para o Brasil após o colapso da barragem que deixou centenas de desaparecidos."


De acordo com embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelly, será enviada uma aeronave com equipe de cerca de 80 pessoas, além de equipamentos especiais. A previsão dele é que o auxílio chegue em Minas no domingo.

"Infelizmente, temos experiência (de resgatar pessoas soterradas) devido a atentados que derrubam casas", explicou o embaixador.

Além da equipe de resgate, Israel também vai mandar dois ou três especialistas para inspecionar outras barragens e avaliar riscos de evacuar outras comunidades próximas de atividades de mineração. Segundo Shelly, a iniciativa atende um pedido de Bolsonaro.


Comentários