TERREMOTO - Goiás foi atingido por dois terremotos em menos de uma hora.

MAIS NOTÍCIAS

O Observatório Sismológico da UnB registrou dois terremotos de magnitudes 3.5 e 3.0 na cidade de em Aruanã, no interior de Goiás. Não houve registro de danos.


Fique ligado! Acompanhe nosso SITE! Monitore as tempestades AQUI Monitore o SolAQUI
MAIS NOTÍCIAS

Foi exonerado o funcionário do MEC que assinou as alterações em edital para livro didáticos


O MEC abrirá sindicância para investigar o que aconteceu no caso da mudança do edital dos livros didáticos.


O episódio fez o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez,  ser alvo de intensas críticas por parte de grande mídia, levando o governo Jair Bolsonaro a abrir uma sindicância para apurar o que de fato havia acontecido.

Rogério Fernando Lot, foi exonerado na manhã desta sexta-feira (11), ele foi o responsável por autorizar as polêmicas alterações no edital do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD).
A exoneração de Lot e de outras nove pessoas que ocupavam cargos comissionados no FNDE foi publicada no Diário Oficial da União.

Lot, então presidente interino do FNDE, assinou o aviso de alteração de edital publicado no Diário Oficial da União de 2 de janeiro que retirava os seguintes trechos:

Erros de impressão - Na versão de outubro, o edital dizia que a obra deveria "estar isenta de erros de revisão e /ou impressão". Esse trecho foi retirado e não consta no novo texto.

Referências bibliográficas - Outro trecho que não está mais no edital afirmava que o livro deveria "incluir referências bibliográficas". Não há essa exigência na nova versão.

Propaganda - Também foi excluída a parte que exigia que a obra deve "estar isenta de publicidade, de marcas, produtos ou serviços comerciais, exceto quando enquadrar-se nos casos referidos no Parecer CEB nº 15 de 04/07/2000".

Diversidade étnica - A versão de outubro determinava que os livros deveriam "retratar adequadamente a diversidade étnica da população brasileira, a pluralidade social e cultural do país". Este trecho também foi retirado do edital.

Não violência contra a mulher - A atualização do edital fundiu três artigos da versão anterior, retirando, por exemplo, trechos que exigiam o compromisso com ações de não-violência contra a mulher. No trecho que fala em promover positivamente mulheres, afrodescendente e povos indígenas, foi retirada a expressão "homens do campo", que aparecia na versão anterior.


Há possibilidade das alterações terem sido feitas para prejudicarem o ministro da Educação. 
Ricardo Vélez Rodríguez pode ter sido alvo de "sabotagem".


Como foi a sua experiência com a leitura? Boa ou ruim? Faça críticas e deixe suas dicas nos comentários abaixo para melhorarmos o Site. 
Até a próxima!