Bolsonaro visita a CIA - o encontro sinalizou a disposição do governo brasileiro em estreitar laços no combate aos crimes transnacionais.

MAIS NOTÍCIAS

O presidente Jair Bolsonaro foi na manhã de ontem (18), à Agência de Inteligência dos Estados Unidos (CIA) para uma visita de cortesia.
Ele foi recebido pela diretora da agência, Gina Haspel. Segundo o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, o encontro sinalizou a disposição do governo brasileiro em estreitar laços com a CIA no combate aos crimes transnacionais. “Foi uma visita de cortesia para, a partir daí, estabelecer esse foco de cooperação na área do crime organizado, dos crimes transnacionais e, eventualmente, os acordos na área de inteligência”, disse o porta-voz.  A visita não entrou na agenda oficial e a imprensa não foi avisada.  Rêgo Barros afirmou que a visita foi decidida pelo presidente no avião, rumo a Washington, capital do país. Presidente @jairbolsonaro chega aos EUA para primeira visita oficial ao país. O objetivo é promover uma agenda positiva entre os dois países. Na terça (19), está previsto encontro com o presidente Donald Trum…

Ibovespa rende em 6 dias o equivalente ao Tesouro Selic esperado para todo o ano de 2019

O Ibovespa vive dias de glória neste início de ano. 

Em apenas seis pregões, o principal índice da B3 acumula ganhos de 6,52%, valor equivalente à rentabilidade esperada para o Tesouro Selic, cuja rentabilidade é igual à taxa Selic, ao longo de todo o ano de 2019. 

O consenso de mercado vem constantemente colocando para baixo as estimativas para a elevação da taxa básica de juros da economia brasileira, em meio ao cenário de inflação controlada.

A escalada de valorização é marcada, principalmente, pelo otimismo do investidor com as perspectivas para a economia brasileira


A reforma da Previdência é o maior foco dos investidores nos últimos dias e fez com que o mercado doméstico mantivesse a tendência de alta mesmo em dias de pressão com pessimismo externo pontual. Quando a aversão ao risco impacta a bolsa brasileira, as perdas têm sido marginais e o índice "anda de lado", o que é uma ótima notícia.

Fonte: InfoMoney


Como foi a sua experiência com a leitura? Boa ou ruim? Faça críticas e deixe suas dicas nos comentários abaixo para melhorarmos o Site. 
Até a próxima!

Comentários