Bolsonaro visita a CIA - o encontro sinalizou a disposição do governo brasileiro em estreitar laços no combate aos crimes transnacionais.

MAIS NOTÍCIAS

O presidente Jair Bolsonaro foi na manhã de ontem (18), à Agência de Inteligência dos Estados Unidos (CIA) para uma visita de cortesia.
Ele foi recebido pela diretora da agência, Gina Haspel. Segundo o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, o encontro sinalizou a disposição do governo brasileiro em estreitar laços com a CIA no combate aos crimes transnacionais. “Foi uma visita de cortesia para, a partir daí, estabelecer esse foco de cooperação na área do crime organizado, dos crimes transnacionais e, eventualmente, os acordos na área de inteligência”, disse o porta-voz.  A visita não entrou na agenda oficial e a imprensa não foi avisada.  Rêgo Barros afirmou que a visita foi decidida pelo presidente no avião, rumo a Washington, capital do país. Presidente @jairbolsonaro chega aos EUA para primeira visita oficial ao país. O objetivo é promover uma agenda positiva entre os dois países. Na terça (19), está previsto encontro com o presidente Donald Trum…

Alertas da Defesa Civil ajudam população a prevenir riscos. Cadastre-se.


O serviço de alerta da Defesa Civil Nacional enviou, desde a última semana, (02/2019), mais de 300 mensagens com avisos sobre possíveis ocorrências de desastres naturais em todo o País. Os textos foram encaminhados para celulares de moradores de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Goiás, Pará, Paraná, Distrito Federal e Sergipe. 


Transmitidas por SMS, as mensagens informaram previamente sobre a ocorrência de chuvas intensas, vendavais, deslizamentos e outros fenômenos naturais com potencial de riscos à população. 

Os alertas são produzidos pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad). Já o envio das mensagens é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), em parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e operadoras de telefonia móvel. Atualmente, mais de 5,9 milhões de celulares estão cadastrados para receber as informações, que são gratuitas e estão disponíveis em todo o País. 

Cadastro
Para ser informado sobre situações de riscos que possam resultar em desastres naturais, basta enviar uma mensagem de texto com o CEP de interesse para o número 40199. Em seguida, o usuário receberá um SMS de confirmação: "Cadastro realizado com sucesso". O celular estará apto a receber alertas e recomendações da Defesa Civil. Para cancelar, envie SAIR e o CEP para 4019. Para cadastrar outro CEP, basta repetir o procedimento.



Comentários