Bolsonaro visita a CIA - o encontro sinalizou a disposição do governo brasileiro em estreitar laços no combate aos crimes transnacionais.

MAIS NOTÍCIAS

O presidente Jair Bolsonaro foi na manhã de ontem (18), à Agência de Inteligência dos Estados Unidos (CIA) para uma visita de cortesia.
Ele foi recebido pela diretora da agência, Gina Haspel. Segundo o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, o encontro sinalizou a disposição do governo brasileiro em estreitar laços com a CIA no combate aos crimes transnacionais. “Foi uma visita de cortesia para, a partir daí, estabelecer esse foco de cooperação na área do crime organizado, dos crimes transnacionais e, eventualmente, os acordos na área de inteligência”, disse o porta-voz.  A visita não entrou na agenda oficial e a imprensa não foi avisada.  Rêgo Barros afirmou que a visita foi decidida pelo presidente no avião, rumo a Washington, capital do país. Presidente @jairbolsonaro chega aos EUA para primeira visita oficial ao país. O objetivo é promover uma agenda positiva entre os dois países. Na terça (19), está previsto encontro com o presidente Donald Trum…

Casos de HIV aumentaram 700% em pessoas entre 15 a 24 e segundo a Globo, a culpa é do MORALISMO!



Boletim Epidemiológico HIV Aids 2018, divulgado pelo Ministério da Saúde, mostra como a infecção do vírus entre os jovens aumentou em apenas dez anos. Entre 2007 e 2017, a notificação de casos de HIV de pessoas com 15 a 24 anos aumentou aproximadamente 700%.

Em todo o mundo, o número de casos caiu 11%, segundo um relatório do Programa das Nações Unidas sobre HIV/Aids de 2017. No Brasil, cresceu 3% .

A pediatra e infectologista Maria Letícia Cruz ressalta que o diagnóstico e a adesão ao tratamento são problemáticos entre adolescentes.

Os jovens têm um comportamento que os coloca em situação de maior risco — destaca Maria Letícia, que é doutora em saúde coletiva pela Fiocruz. — É uma faixa etária que não viu a epidemia da década de 1980. Já nasceram em uma época em que o HIV tem tratamento, então não têm muita noção da gravidade dos problemas que a infecção pelo vírus pode causar. São o pior grupo de adesão ao tratamento. Aceitar o diagnóstico nem sempre é uma coisa fácil.

Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde www.saude.gov.br/bvs 

Comentários