ATENÇÃO! Cinzas do Vulcão Ubinas sobre SP, PR e RJ!

MAIS NOTÍCIAS

Vulcão Ubinas, no Peru, registra maior explosão em 300 anos. Texto de Everton S. Gonçalves  Pluma de cinzas vulcânicas chegam sobre o centro sul do Brasil nessa manhã de sábado, originada da erupção do vulcão Ubinas no Peru.



Mais cedo estavam concentradas sobre PR e SP. Agora estão concentradas entre SP e RJ, avançando para o mar.  Como estão em altitudes bem elevadas, vai ser pouco sentido pela população. 
No máximo, o céu vai ficar cinzento durante o dia e o pôr do sol pode ser diferenciado, na luminosidade e cores, principalmente mais avermelhado e rosado.
Em 2015 as cinzas do Vulcão Cabulco, no Chile, chegaram ao Sudeste do Brasil. As imagens abaixo mostram o efeito óptico atmosférico causados pelas cinzas ao Pôr do Sol.



Mas vale destacar que cinzas vulcânicas são um grande risco para a aviação. Queromos acreditar que nossas autoridades estejam monitorando essa situação.




Com informações de Everton S. Gonçalves 
Em atualização...
Fique ligado! Acompanhe nosso SITE! Monitore…

O MP-RJ compara o Ninho do Urubu/Flamengo, com centros de internação para menores infratores, unidades do Departamento Geral de Ações Educativas e entidades de acolhimento.


Publicado no Diário Oficial do Município em janeiro de 2012, o auto de infração sob número 569057 informava que o clube teria que arcar com uma multa de R$ 399,39. 
A Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) determinava ainda que o Rubro-negro sofreria o ônus de R$ 570,56 diários caso decidisse abrir as portas.
Outra ação do Ministério Público do Rio de Janeiro ocorreu recentemente pelas más condições oferecidas aos atletas de base. 
O processo, iniciado em 2015, chega a pedir a interdição das instalações dos alojamentos e foi remetido ao MP-RJ também nesta sexta, após a tragédia.
A ação com audiência de julgamento marcada para maio deste ano, cita precariedade dos colchões e menores residindo no CT sem autorização dos pais. 


Trecho ao qual o UOL Esporte teve acesso também fala em dificuldades de pais no acesso e visitas aos seus filhos. Dentre os pedidos, estão a suspensão das atividades das categorias de base do Flamengo, interdição dos alojamentos, entrega dos adolescentes aos responsáveis e a adoção de uma série de medidas, passando por saúde e educação, para melhorar a condição de vida dos menores.

O MP-RJ compara o Ninho do Urubu a unidades do Departamento Geral de Ações Educativas (Degase), centros de internação para menores infratores, e entidades de acolhimento."Impende registrar que as precárias condições oferecidas pelo réu aos seus atletas residentes é inferior até mesmo àquelas atualmente ofertadas aos adolescentes em conflito com a lei que cumprem medida socioeducativa de semiliberdade em unidades do Departamento Geral de Ações Socioeducativas, o que revela o absurdo da situação". "Não obstante os adolescentes residentes nos clubes e centros de formação de atletas não estejam sob medida de acolhimento institucional, certo é que estes se encontram em situação análoga.

Outro alvo de críticas é a falta de educadores, além de problemas com a estrutura física. "O clube não dispõe de educadores ou monitores, valendo-se de vigias noturnos para a referida função das 19h às 7h. O CT não possui psicólogo específico para adolescentes residentes. Há vários adolescentes que estão sem autorização dos pais para permanecerem no CT e outros que estão sem comprovante de matrícula. A estrutura física é precária mormente em razão a pouca disponibilidade de banheiros, os armários são pequenos, sendo certo que os pertences dos atletas permanecem guardados em bolsas e mochilas".

A ministra do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, abriu um canal de denúncias específico para que sejam registradas infrações envolvendo alojamentos e centros de treinamentos.



O canal foi aberto como forma de expandir a atuação do poder público para os mais diversos espaços. O serviço funcionará 24 horas por dias, em todo o País, por meio do Disque 100 e tem como objetivo flagrar violações graves que estejam acontecendo dentro de CTs e de alojamentos e acionar órgãos responsáveis para resolver os problemas e evitar tragédias como a que aconteceu com o Flamengo, segundo Damares .


Fonte IG/UOL