Vulcão Popocatépetl, considerado um dos 10 mais perigosos do mundo, aumentou suas atividades eruptivas nas últimas horas.

O vulcão Popocatépetl aumentou sua atividade eruptiva nas últimas horas e lançou material incandescente. 

As autoridades de Proteção Civil pediram à população que não se aproximasse da cratera, informou hoje o Centro Nacional de Prevenção de Desastres (Cenapred) do México.
O vulcão Popocatépetl, de acordo com seu último relatório, o Cenapred alertou para o perigo envolvido na queda de fragmentos balísticos e a emissão de cinzas é esperada nos estados centrais do México.

A agência manterá o monitoramento contínuo da atividade do Popocatepetl, considerado um dos 10 mais perigosos do mundo, pois 25 milhões de pessoas vivem a menos de 100 quilômetros da cratera. Da mesma forma, ele indicou que nas últimas horas, o vulcão Popocatépetl emitiu 140 exalações e uma coluna de erupção de dois quilômetros que está se dispersando em direção ao sudoeste do vulcão foi registrada.
Ya con sensor infrarrojo.

No es que este tipo de actividad solo pase de noche, de día la incandescencia simplemente no se…

Venezuela enviou ajuda humanitária para Cuba e recusou ajuda dos EUA

Um barco militar venezuelano chegou na manhã desta sexta-feira a Havana para entregar 100 toneladas de ajuda humanitária a Cuba, recentemente atingida por um tornado, enquanto o governo do socialista Nicolás Maduro enfrenta uma grave crise e rejeita o apoio enviado por outras nações para resolvê-la.

“O T-91 ‘Les Moines’ das Forças Armadas Bolivarianas chegou ao porto de Havana com ajuda para as pessoas afetadas por um forte tornado”, escreveu a Embaixada da Venezuela em Cuba no Twitter, divulgando uma foto do barco.
Em outro tuíte, a embaixada mostra as bandeiras dos países içadas na proa do barco militar, bem como o vice-ministro de Comécio Exterior de Cuba, Antonio Carricar, que foi receber os suprimentos.

“O vice-ministro (de Cuba) agradece ao povo e ao governo da Venezuela pela ajuda que beneficiará os afetados pelo tornado e também expressa a solidariedade de Cuba com a Venezuela”, afirma o tuíte.

Cuba, atingida por um forte tornado que deixou seis mortos e cerca de 200 feridos, é o aliado mais próximo da Venezuela. Seu apoio ao governo de Nicolás Maduro está na mira dos Estados Unidos, que prometeu “libertar a Venezuela de Cuba”.

O envio deste barco ocorre em um contexto em que a Venezuela enfrenta uma crise política, econômica e humanitária. Os primeiros caminhões de ajuda humanitária americana destinados ao país chegaram nesta quinta à fronteira entre a Colômbia e a Venezuela, à espera de uma autorização para entrar.

Mas Maduro, que teme uma intervenção militar norte-americana, rejeitou a ajuda.

“A Venezuela não vai permitir o show da ajuda humanitária falsa, porque nós não somos mendigos de ninguém”, afirmou o mandatário em coletiva.


Fonte: EFP

Comentários