ATENÇÃO! Cinzas do Vulcão Ubinas sobre SP, PR e RJ!

MAIS NOTÍCIAS

Vulcão Ubinas, no Peru, registra maior explosão em 300 anos. Texto de Everton S. Gonçalves  Pluma de cinzas vulcânicas chegam sobre o centro sul do Brasil nessa manhã de sábado, originada da erupção do vulcão Ubinas no Peru.



Mais cedo estavam concentradas sobre PR e SP. Agora estão concentradas entre SP e RJ, avançando para o mar.  Como estão em altitudes bem elevadas, vai ser pouco sentido pela população. 
No máximo, o céu vai ficar cinzento durante o dia e o pôr do sol pode ser diferenciado, na luminosidade e cores, principalmente mais avermelhado e rosado.
Em 2015 as cinzas do Vulcão Cabulco, no Chile, chegaram ao Sudeste do Brasil. As imagens abaixo mostram o efeito óptico atmosférico causados pelas cinzas ao Pôr do Sol.



Mas vale destacar que cinzas vulcânicas são um grande risco para a aviação. Queromos acreditar que nossas autoridades estejam monitorando essa situação.




Com informações de Everton S. Gonçalves 
Em atualização...
Fique ligado! Acompanhe nosso SITE! Monitore…

Venezuela enviou ajuda humanitária para Cuba e recusou ajuda dos EUA

Um barco militar venezuelano chegou na manhã desta sexta-feira a Havana para entregar 100 toneladas de ajuda humanitária a Cuba, recentemente atingida por um tornado, enquanto o governo do socialista Nicolás Maduro enfrenta uma grave crise e rejeita o apoio enviado por outras nações para resolvê-la.

“O T-91 ‘Les Moines’ das Forças Armadas Bolivarianas chegou ao porto de Havana com ajuda para as pessoas afetadas por um forte tornado”, escreveu a Embaixada da Venezuela em Cuba no Twitter, divulgando uma foto do barco.
Em outro tuíte, a embaixada mostra as bandeiras dos países içadas na proa do barco militar, bem como o vice-ministro de Comécio Exterior de Cuba, Antonio Carricar, que foi receber os suprimentos.

“O vice-ministro (de Cuba) agradece ao povo e ao governo da Venezuela pela ajuda que beneficiará os afetados pelo tornado e também expressa a solidariedade de Cuba com a Venezuela”, afirma o tuíte.

Cuba, atingida por um forte tornado que deixou seis mortos e cerca de 200 feridos, é o aliado mais próximo da Venezuela. Seu apoio ao governo de Nicolás Maduro está na mira dos Estados Unidos, que prometeu “libertar a Venezuela de Cuba”.

O envio deste barco ocorre em um contexto em que a Venezuela enfrenta uma crise política, econômica e humanitária. Os primeiros caminhões de ajuda humanitária americana destinados ao país chegaram nesta quinta à fronteira entre a Colômbia e a Venezuela, à espera de uma autorização para entrar.

Mas Maduro, que teme uma intervenção militar norte-americana, rejeitou a ajuda.

“A Venezuela não vai permitir o show da ajuda humanitária falsa, porque nós não somos mendigos de ninguém”, afirmou o mandatário em coletiva.


Fonte: EFP