TERREMOTO - Goiás foi atingido por dois terremotos em menos de uma hora.

MAIS NOTÍCIAS

O Observatório Sismológico da UnB registrou dois terremotos de magnitudes 3.5 e 3.0 na cidade de em Aruanã, no interior de Goiás. Não houve registro de danos.


Fique ligado! Acompanhe nosso SITE! Monitore as tempestades AQUI Monitore o SolAQUI
MAIS NOTÍCIAS

Áudios originais: Conversa gravada de Constança Rezende, do Jornal Estado de SP, revelou verdadeira motivação por trás da cobertura negativa da mídia? "Arruinar" o presidente Jair Bolsonaro?

MAIS NOTÍCIAS

Conteúdo do site francês: https://blogs.mediapart.fr/jawad-rhalib/blog/060319/ou-va-la-presse


A chegada de Bolsonaro é uma grande reviravolta no cenário político brasileiro, que passou por uma elite corrupta.

Assim, ficamos interessados, a princípio, por alguns jornalistas anti-Bolsanaro, é claro, e então, pouco a pouco, a lista tornou-se mais estreita e focada em artigos de um jornalista virulento sobre Bolsanaro. 
Esta jornalista do Estado de São Paulo se chama Constança Rezende, a primeira jornalista a publicar artigos sobre Flávio Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro. Nós cavamos, então por acaso, como parte da pesquisa do meu aluno, certificado pela universidade, o jornalista aceitou uma entrevista por telefone que gravamos para entender suas motivações, no final, nós saímos com uma gravação que chama uma imagem catastrófica dos meios de comunicação locais e instituições governamentais. 

Depois de dezembro 2018 Flávio Bolsonaro - então deputado estadual do Rio de Janeiro, senador Federal e filho do atual presidente Jair Bolsonaro - estava no centro de vários artigos controversos na mídia brasileira . De acordo com a cobertura inicial, o "Atividades Conselho de Controle Financeiro" (COAF) do Brasil publicou um relatório detalhando pagamentos questionáveis ​​de 1,2 milhões de reais pagos entre 2016 e 2017 para Fabricio Jose Carlos Queiroz, motorista Flávio Bolsonaro. Muito rapidamente, os relatos da mídia foram seguidos pela abertura de uma investigação contra Flávio Bolsonaro.

A conversa gravada entre o meu "estudante" e Constança Rezende do Estado de São Paulo revelou verdadeira motivação por trás da cobertura negativa da mídia é a de "arruinar" o presidente Jair Bolsonaro, simplesmente usando histórias negativas, muitas vezes inventadas sobre a família do presidente Bolsonaro que a passagem foi eleito democraticamente.

Constança Rezende está na posse de documentos não públicos que foram ilegalmente divulgada e publicou seu primeiro artigo contra Flávio Bolsonaro com base em documentos escritos pela COAF há mais de um ano. 
No entanto, eles foram divulgados em dezembro de 2018, logo após as eleições gerais de Outubro e antes da posse de Jair Bolsonaro em janeiro de 2019. 
Quem se beneficia com este comunicado de imprensa? Além das motivações do COAF?

Sejamos claros: não sou fã de Bolsonaro, mas acho que usar o poder da mídia para atacar um presidente através de seu filho é, no entanto, bastante distorcido e inaceitável para o jornalista que sou.

Aqui estão os áudios da conversa telefônica que tivemos, o entrevistador, sendo meu aluno:

Áudio 1


Áudio 2


Áudio 3


Áudio 4


Áudio 5


Constança Rezende, do "O Estado de SP" diz querer arruinar a vida de Flávio Bolsonaro e buscar o Impeachment do Presidente Jair Bolsonaro. Ela é filha de Chico Otavio, profissional do "O Globo". Querem derrubar o Governo, com chantagens, desinformações e vazamentos.