ATENÇÃO! Cinzas do Vulcão Ubinas sobre SP, PR e RJ!

MAIS NOTÍCIAS

Vulcão Ubinas, no Peru, registra maior explosão em 300 anos. Texto de Everton S. Gonçalves  Pluma de cinzas vulcânicas chegam sobre o centro sul do Brasil nessa manhã de sábado, originada da erupção do vulcão Ubinas no Peru.



Mais cedo estavam concentradas sobre PR e SP. Agora estão concentradas entre SP e RJ, avançando para o mar.  Como estão em altitudes bem elevadas, vai ser pouco sentido pela população. 
No máximo, o céu vai ficar cinzento durante o dia e o pôr do sol pode ser diferenciado, na luminosidade e cores, principalmente mais avermelhado e rosado.
Em 2015 as cinzas do Vulcão Cabulco, no Chile, chegaram ao Sudeste do Brasil. As imagens abaixo mostram o efeito óptico atmosférico causados pelas cinzas ao Pôr do Sol.



Mas vale destacar que cinzas vulcânicas são um grande risco para a aviação. Queromos acreditar que nossas autoridades estejam monitorando essa situação.




Com informações de Everton S. Gonçalves 
Em atualização...
Fique ligado! Acompanhe nosso SITE! Monitore…

Contas do setor público têm superávit nominal de R$ 26 bilhões em janeiro.


Resultado reúne valores da União, dos estados e dos municípios

Arquivo/Agência Brasil
Empresas estatais registraram superávit de R$ 507 milhões no primeiro mês de 2019


Em janeiro, o governo fechou o mês com as contas equilibradas. O resultado nominal, que equivale a diferença entre arrecadação de impostos e gastos, deixou um saldo positivo de R$ 26 bilhões, número 39,8% maior que o registrado em igual mês do ano passado.

No período, também foi possível registrar superávit primário (economia para pagar os juros da dívida) de R$ 46,9 bilhões. Os dados são do Banco Central e foram divulgados nesta quinta-feira (28).

Segundo a instituição, houve ainda uma redução no gasto com juros nominais. Em janeiro, essa despesa ficou em R$ 20,8 bilhões, número 26,35% menor que o registrado em igual mês do ano passado, quando esse valor foi de R$ 28,3 bilhões. Parte dessa queda se explica pela redução da taxa básica de juros (Selic), que está no menor nível histórico, em 6,5% ao ano.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Banco Central