Bolsonaro muda a Lei Maria da Penha para proteger as mulheres efetivamente.

MAIS NOTÍCIAS

Publicada lei que garante mais proteção à mulher vítima de violência. As medidas que alteram a Lei Maria da Penha começam a valer hoje.

A Lei Maria da Penha prevê, a partir de agora, a aplicação de medidas protetivas de urgência a mulheres ou a seus dependentes ameaçados de violência doméstica ou familiar. O Diário Oficial da União publica hoje (14) a lei sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, com as alterações que darão mais rapidez nas decisões judiciais e policiais.
De acordo com nova norma, quando constatada a existência de risco atual ou iminente à vida ou à integridade física da mulher, ou de seus dependentes, o “agressor será imediatamente afastado do lar, domicílio ou local de convivência” com a vítima, medida que pode ser adotada pela autoridade judicial; pelo delegado de polícia; ou pelo policial, quando o município não for sede de comarca e não houver delegado disponível no momento da denúncia.
A lei prevê também que, quando a aplicação das m…

Dezenas de feridos e hospitalizados após turbulência incomum no voo da Turkish Airways para Nova York. Uma pessoa quebrou a perna.

MAIS NOTÍCIAS


Mais de 30 pessoas ficaram feridas a bordo de um voo da Turkish Airlines de Istambul para Nova York, depois que uma forte turbulência fez com que os passageiros fossem jogados de seus assentos.
Vídeos e fotos do avião mostram uma cena caótica com sangue manchado no teto enquanto os passageiros podem ser ouvidos chorando e orando. 


A turbulência começou cerca de 40 minutos antes do voo de 10 horas ser pousado no aeroporto John F. Kennedy, em Nova York, no sábado. Steve Coleman, porta-voz da Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey, disse que 28 pessoas foram levadas para o Centro Médico do Hospital Jamaica, no Queens, para tratar ferimentos, incluindo uma perna quebrada de atendente de voo.

A companhia aérea disse que está "profundamente entristecida por esta experiência infeliz, e monitora de perto o estado de saúde dos passageiros feridos, e está disponibilizando recursos para eles".

De acordo com os passageiros, o Boeing 777 fez uma queda repentina rápida e inesperada, causando um grande número de ferimentos.

"Houve um ou dois segundos em que foi sutil, mas realmente começou a pegar", disse o passageiro Amir Mehrbakhsh. "Só porque a queda foi tão repentina, muitas pessoas foram levantadas e bateram a cabeça no teto ou na lateral do avião, e houve muitas lesões muito rapidamente."

Fonte: Yotube/FoxNews