Bolsonaro visita a CIA - o encontro sinalizou a disposição do governo brasileiro em estreitar laços no combate aos crimes transnacionais.

MAIS NOTÍCIAS

O presidente Jair Bolsonaro foi na manhã de ontem (18), à Agência de Inteligência dos Estados Unidos (CIA) para uma visita de cortesia.
Ele foi recebido pela diretora da agência, Gina Haspel. Segundo o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, o encontro sinalizou a disposição do governo brasileiro em estreitar laços com a CIA no combate aos crimes transnacionais. “Foi uma visita de cortesia para, a partir daí, estabelecer esse foco de cooperação na área do crime organizado, dos crimes transnacionais e, eventualmente, os acordos na área de inteligência”, disse o porta-voz.  A visita não entrou na agenda oficial e a imprensa não foi avisada.  Rêgo Barros afirmou que a visita foi decidida pelo presidente no avião, rumo a Washington, capital do país. Presidente @jairbolsonaro chega aos EUA para primeira visita oficial ao país. O objetivo é promover uma agenda positiva entre os dois países. Na terça (19), está previsto encontro com o presidente Donald Trum…

Escola primária desabou na Nigéria, mais de 100 crianças estão presas nos escombros.

MAIS NOTÍCIAS

O desabamento deixou mais de 100 crianças soterradas, segundo o governo regional. Teme-se que haja muitos mortos.
A escola ficava no último andar do prédio de três andares em Ita Faji, na ilha de Lagos, na capital comercial da Nigéria.

 Foto: Temilade Adelaja/Reuters

A mídia local informou que o prédio em colapso era um bloco residencial contendo vários apartamentos.
Equipes de emergência retiram pessoas feridas dos escombros. Alguns pais preocupados chegaram ao local enquanto outros foram a um hospital local para procurar seus filhos.


Ibrahim Farinloye, porta-voz da Agência Nacional de Gerenciamento de Emergências, disse que o colapso aconteceu por volta das 10h (horário local).

"Acredita-se que muitas pessoas, incluindo crianças, estão atualmente presas no prédio", disse ele.

Não é incomum que os edifícios colapsem na Nigéria. Os materiais são muitas vezes abaixo do padrão e a aplicação dos regulamentos é negligente.

Fonte: https://www.pulse.ng


Comentários