Bolsonaro visita a CIA - o encontro sinalizou a disposição do governo brasileiro em estreitar laços no combate aos crimes transnacionais.

MAIS NOTÍCIAS

O presidente Jair Bolsonaro foi na manhã de ontem (18), à Agência de Inteligência dos Estados Unidos (CIA) para uma visita de cortesia.
Ele foi recebido pela diretora da agência, Gina Haspel. Segundo o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, o encontro sinalizou a disposição do governo brasileiro em estreitar laços com a CIA no combate aos crimes transnacionais. “Foi uma visita de cortesia para, a partir daí, estabelecer esse foco de cooperação na área do crime organizado, dos crimes transnacionais e, eventualmente, os acordos na área de inteligência”, disse o porta-voz.  A visita não entrou na agenda oficial e a imprensa não foi avisada.  Rêgo Barros afirmou que a visita foi decidida pelo presidente no avião, rumo a Washington, capital do país. Presidente @jairbolsonaro chega aos EUA para primeira visita oficial ao país. O objetivo é promover uma agenda positiva entre os dois países. Na terça (19), está previsto encontro com o presidente Donald Trum…

Terremoto de 7.0 balança o Peru, dispara alerta de tsunami no Chile e é sentido no Brasil



Um terremoto de magnitude 7,0 sacudiu várias regiões do sul do Peru na sexta-feira e sentiu países como o Chile, a Bolívia e o Brasil. Ainda não há relatos sobre danos ou vítimas.

O Instituto Geofísico do Peru (IGP) localizou o epicentro a 8 quilômetros a noroeste de Azángaro, em Puno. O movimento foi gravado às 3:50 da manhã. e ocorreu a uma profundidade de 270 quilômetros.

"Registro em vídeo do momento de ativação da sirene de evacuação por tsunami após o terremoto MAG 7.1 em Arequipa-Peru"

"Embora tenha sido de uma magnitude considerável, de 7,0, a profundidade de 270 quilômetros significou que na área do epicentro não se sentiu tanto, sua repercussão tem sido no Brasil, Bolívia, Chile e nas regiões [do Peru]. como Puno, Arequipa, Cusco, Moquegua, Apurimac ", disse o general Ricardo Seijas, coordenador do Centro Nacional de Operações de Emergência (COEN), à RPP Noticias. Jornalistas e ouvintes da RPP News informaram inicialmente de cidades como Arequipa e Tacna que o tremor era forte e prolongado.


O diretor do Instituto de Defesa Civil em Puno, Javier Pampamalco Choque, disse que as províncias do norte de Puno, incluindo Azángaro (onde foi o epicentro), sentiram o terremoto "leve a moderada" forma, enquanto províncias de Sandia e Carabaya foi "moderada a forte". "Não há danos, já fechamos o monitoramento", acrescentou o funcionário. "Não há interrupção de estradas, não há danos à infraestrutura, não há danos à vida e à saúde".

Em Arequipa, quedas de rochas foram relatados na estrada costeira, no trecho entre Mollendo e Islay, enquanto as pessoas evacuadas das praias de Camana antes do movimento. No Chile, onde também o tremor foi sentido, o ONEMI (ONEMI) relataram movimento como da intensidade e forma, como uma medida preventiva, o Serviço hidrográficas e Oceanographic da Marinha (SHOA) decretado evacuação preventiva Arica devido ao risco de tsunami, mas logo após cancelou a medida.

Alarme de tsunami no Chile após terremoto de magnitude 7 no Peru


No caso de um terremoto de grande magnitude, o Instituto de Defesa Civil (Indeci) recomenda ter uma mochila de emergência com provisões básicas e uma caixa de reserva composta por uma pequena despensa.

Fonte: RPP


Comentários