ATENÇÃO! Cinzas do Vulcão Ubinas sobre SP, PR e RJ!

MAIS NOTÍCIAS

Vulcão Ubinas, no Peru, registra maior explosão em 300 anos. Texto de Everton S. Gonçalves  Pluma de cinzas vulcânicas chegam sobre o centro sul do Brasil nessa manhã de sábado, originada da erupção do vulcão Ubinas no Peru.



Mais cedo estavam concentradas sobre PR e SP. Agora estão concentradas entre SP e RJ, avançando para o mar.  Como estão em altitudes bem elevadas, vai ser pouco sentido pela população. 
No máximo, o céu vai ficar cinzento durante o dia e o pôr do sol pode ser diferenciado, na luminosidade e cores, principalmente mais avermelhado e rosado.
Em 2015 as cinzas do Vulcão Cabulco, no Chile, chegaram ao Sudeste do Brasil. As imagens abaixo mostram o efeito óptico atmosférico causados pelas cinzas ao Pôr do Sol.



Mas vale destacar que cinzas vulcânicas são um grande risco para a aviação. Queromos acreditar que nossas autoridades estejam monitorando essa situação.




Com informações de Everton S. Gonçalves 
Em atualização...
Fique ligado! Acompanhe nosso SITE! Monitore…

ÍNDIA - Alerta vermelho pelo Ciclone FANI e Onda de Calor.

MAIS NOTÍCIAS

Moradores da costa leste da Índia estão sendo avisados ​​sobre os impactos potenciais da Tempestade Ciclônica Fani nesta semana, enquanto nenhum alívio virá do perigoso calor nas regiões norte e oeste do país.

Satellite Imagery

Fani se fortaleceu em uma tempestade ciclônica no sábado, horário local. A força de uma tempestade ciclônica equivale a uma tempestade tropical nas bacias do Atlântico ou do norte do Pacífico.
Um fortalecimento adicional pode fazer com que o sistema se intensifique no equivalente a um furacão e seja chamado de tempestade ciclônica severa ou uma tempestade ciclônica muito severa na terça-feira, com um fortalecimento ainda maior esperado para o final desta semana.

"As principais ameaças desta tempestade serão fortes chuvas, inundações e rajadas de vento", disse o meteorologista sênior da AccuWeather, Jason Nicholls, "mas a quantidade exata de chuva e a força dos ventos dependerão da proximidade da costa. "


As últimas indicações poupam Sri Lanka e Tamil Nadu na Índia do impacto da chuva e do vento do ciclone.
Mesmo se a tempestade passar por Sri Lanka e Tamil Nadu, as áreas ao norte podem não ser tão afortunadas.

Um cenário para a tempestade é ameaçar a costa do norte de Andhra Pradesh para Odisha e Bengala Ocidental com chuva forte e vento no final desta semana para o fim de semana.

A chegada terrestre como um perigoso ciclone tropical pode ocorrer neste cenário, colocando milhões de pessoas em risco com ventos prejudiciais, inundações, tempestades e enchentes. Locais de Visakhapatnam, na fronteira com Bangladesh, também estão em risco.

Além da Bengala Ocidental, a chuva e os ventos fortes podem acompanhar a tempestade que atinge Bangladeche com uma pista no nordeste da Índia no fim de semana ou no começo da próxima semana.


Um segundo cenário manteria os piores impactos de Fani no mar da Índia, conforme a tempestade segue para o norte através da baía de Bengala nesta semana.

Locais costeiros podem ver breves aguaceiros e ventos fortes; no entanto, ventos prejudiciais e inundações generalizadas não seriam esperados.
Um ataque direto em Bangladesh ou no norte de Mianmar seria possível neste cenário, trazendo impactos fatais para a região a partir deste fim de semana até o início da próxima semana.

Independente da trilha exato da tempestade, ela não avançará o suficiente para o interior, a fim de trazer qualquer alívio térmico para o norte e o oeste da Índia.


Quinta-feira marcou o dia mais quente até agora este ano na Região da Capital Nacional (NCR), quando as temperaturas subiram para 43,2 ° C (109,8 ° F) no Aeroporto Internacional Indira Gandhi.
Temperaturas semelhantes foram sentidas em toda a cidade e em torno do NCR, de sábado a segunda-feira.
As temperaturas permanecerão perigosamente altas a cada dia nesta semana em todo o NCR e muito do centro e norte da Índia.

"A Índia suporta longas ondas de calor a cada ano antes da chegada das chuvas de monções; no entanto, este calor chegou mais cedo que o normal nos últimos anos, colocando mais pessoas em risco de doenças relacionadas ao calor", disse Eric Leister, meteorologista sênior da AccuWeather.

Os residentes terão que continuar tomando as precauções necessárias para evitar doenças relacionadas ao calor.

Condições estagnadas que contribuem para o calor elevado também estão resultando em condições de qualidade do ar perigosamente ruins. Máscaras devem ser usadas por qualquer pessoa que passe tempo ao ar livre. As crianças, os idosos e aqueles com condições de saúde respiratória ou cardiovascular devem evitar passar o tempo fora o máximo possível.



gdacs / noaa / accuweather