Nasa registra terremoto, um "Marsquake", em Marte, pela primeira vez.

MAIS NOTÍCIAS

O módulo Mars InSight da NASA mediu e registrou pela primeira vez um provável "marsquake". O fraco sinal sísmico, detectado pelo instrumento Sísmico de Experimentação para Estrutura Interior (SEIS), foi registrado em 6 de abril, o dia marciano de 128º, ou sol. Este é o primeiro tremor registrado que parece ter vindo de dentro do planeta, em oposição a ser causado por forças acima da superfície, como o vento.  Os cientistas ainda estão examinando os dados para determinar a causa exata do sinal.


Primeiro Provável Marsquake Ouvido pela InSight da NASA: Este vídeo e áudio ilustram um evento sísmico detectado pelo InSight da NASA em 6 de abril de 2019, o 128º dia marciano da missão.  "As primeiras leituras da InSight continuam a ciência que começou com as missões Apollo da NASA", disse Bruce Banerdt, do Investigador Principal da InSight, do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa (JPL), em Pasadena, Califórnia. "Nós estamos coletando ruído de fundo até …

Tromba d'água rara na Malásia, girou no sentido horário, oposto à mais de 98% dos tornados no hemisfério norte e danificou pelo menos 50 edifícios.

MAIS NOTÍCIAS

Uma grande tromba d'água  se formou perto da costa de Tanjung Tokong, Penang, na Malásia, em 1º de abril de 2019, e chegou a terra firme após cerca de 5 minutos, danificando gravemente pelo menos 50 edifícios.

Imagem: print de vídeo (anexado abaixo)

O tornado tocou o solo em torno de 13: 36h, arrancando telhados e derrubando árvores, mas não houve relatos de feridos.
Ocasionalmente tempestades supercélulas se desenvolvem nos trópicos, mas raramente, ou nunca, na Malásia. 
A pouco menos de 5½ graus ao norte do equador, a região não apresenta os fortes contrastes de temperatura (massa de ar) que geram significativo cisalhamento do vento (mudanças na velocidade e na direção do vento com o aumento da altitude). Tal cisalhamento leva à gênese da rotação de uma supercélula.

Além disso, esta tromba girou no sentido horário - oposto à orientação de mais de 98% dos tornados supercelulares no hemisfério norte. Então essa tromba d'água é um bastante original.

Imagem: print de vídeo (anexado abaixo)

O que pode ter acontecido é que uma pequena região no flanco leste da tempestade assumiu as características de uma supercélula anticiclônica, na qual uma coluna de forte rotação (conhecida como mesociclone) se desenvolveu, mas girou no sentido horário. 
Observe a “nuvem de cauda”, que está por baixo, atrás da tromba d'água, marcando o ar crescente ingerido pela tempestade da esquerda para a direita. Enquanto isso, cortinas de chuva caem do primeiro plano.

Imagem: print de vídeo (anexado abaixo)

A separação de updraft e downdraft é uma característica marcante de supercélulas maduras, mas a direção do spin é altamente incomum. Bandas escuras na superfície do oceano mostram circulação no sentido horário.

O que pode ter acontecido é que uma pequena região no flanco leste da tempestade assumiu as características de uma supercélula anticiclônica, na qual uma coluna de forte rotação (conhecida como mesociclone) se desenvolveu, mas girou no sentido horário. Observe a “nuvem de cauda”, que está por baixo, atrás da tromba d'água, marcando o ar crescente ingerido pela tempestade da esquerda para a direita. Enquanto isso, cortinas de chuva caem do primeiro plano.
A separação de updraft e downdraft é uma característica marcante de supercélulas maduras, mas a direção do spin é altamente incomum. Bandas escuras na superfície do oceano mostram circulação no sentido horário.

Imagem: print de vídeo (anexado abaixo)

Os ventos provavelmente superando 80 mph lançaram fragmentos de centenas de metros no ar, caindo no chão como projéteis letais.




Fontes: The Washington Post / Watchers / Youtube