Cristão, Abiy Ahmed, ganha o Nobel da Paz por promover acordo de paz para Etiópia.

MAIS NOTÍCIAS

Abiy Ahmed Ali atuou para alcançar a paz no conflito entre a Etiópia e a Eritreia, país vizinho. Conteúdo: guiame O primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed Ali, é o ganhador do Prêmio Nobel da Paz 2019. O nome do vencedor foi anunciado na manhã desta sexta-feira (11) pelo comitê do prêmio, na Noruega. Abiy é um cristão pentecostal evangélico da Igreja dos Crentes no Evangelho Pleno. O político superou outros favoritos para o prêmio deste ano, entre os quais o líder indígena brasileiro Raoni Metuktire e a ativista sueca Greta Thunberg. O Nobel da Paz conquistado por Abiy Ahmed foi por sua atuação para alcançar a paz no conflito entre Etiópia e a Eritreia, país vizinho. Os dois países travaram uma guerra de fronteira de 1998 a 2000. Eles restauraram as relações em julho de 2018, após anos de hostilidade.

"Quando Abiy Ahmed se tornou o primeiro-ministro em abril de 2018, ele deixou claro que desejava retomar o ritmo das negociações com a Eritreia. Em estreita cooperação…

ALERTA - Tempestade geomagnética forte G3 (Kp7), atingiu a Terra nessa manhã.

MAIS NOTÍCIAS

Um filamento solar de vários graus ao sul da Região 2741 rompeu-se aproximadamente 15:14 UTC em 13 de maio de 2019 e uma tempestade geomagnética "surpresa" (Mínimo Solar) está em andamento. 


Os níveis de tempestades estão atualmente em G3 (moderadamente forte), o que significa que as auroras poderiam ser visíveis em estados norte-americanos de nível norte, como Minnesota, Michigan e Nova York. 


A razão da tempestade: uma fenda se abriu no campo magnético da Terra, permitindo que o vento solar penetrasse na magnetosfera. 
Três, ou possivelmente quatro CMEs, estão a caminho da Terra após uma série de explosões perto da mancha solar AR2741. O mais potente até agora ocorreu em 12 de maio, quando um filamento de magnetismo em torno da mancha solar se tornou instável e entrou em erupção. 

A zona de explosão tinha mais de 220.000 km de diâmetro:


Erupções similares ocorreram nos dias 10, 11 e 13 de maio, combinadas com esta, para produzir um "trem" de ejeções de massa coronal (CMEs) fracas vindo em nossa direção. 
As CMEs de entrada são leves comparados as CMEs maciços brilhantes normalmente vistos durante o máximo solar. 
No entanto, o seu efeito combinado poderia abalar o campo magnético da Terra.

Spaceweather/Watchers/Solarham/Helioviewer

Fique ligado! Acompanhe nosso SITE!
Monitore o Sol AQUI