TERREMOTO - Goiás foi atingido por dois terremotos em menos de uma hora.

MAIS NOTÍCIAS

O Observatório Sismológico da UnB registrou dois terremotos de magnitudes 3.5 e 3.0 na cidade de em Aruanã, no interior de Goiás. Não houve registro de danos.


Fique ligado! Acompanhe nosso SITE! Monitore as tempestades AQUI Monitore o SolAQUI
MAIS NOTÍCIAS

Banda larga via satélite chega a mais de 1 milhão de alunos pelo programa Gesac.

MAIS NOTÍCIAS

mctic.gov.br
Videoconferência do presidente da república e ministros de Estado com escola na zona rural de Cavalcante (GO) foi possível com conexão por satélite do programa Gesac, coordenado pelo MCTIC.

Placa comemorativa ao 1.000.000 de alunos atingidos pelo programa Gesac

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, participou, nesta quarta-feira (8), de uma videoconferência no Palácio do Planalto para anunciar a marca de 1 milhão de estudantes atendidos por internet via satélite, pelo programa Gesac. Ao lado do presidente Jair Bolsonaro, do ministro da Educação Abraham Weintraub e do presidente da Telebras, Waldemar Gonçalves, o ministro inaugurou a conexão de 10MB/s com a Escola Estadual Calunga I, em Cavalcante (GO). A comunidade possui 453 alunos que serão atendidos pelo Gesac.


No laboratório de informática da escola, alunos acompanhados do diretor da escola, Jorge Arvei Wagner, e da professora, Luciene Santos Rosa, já estavam conectados com vídeo e audio de qualidade, aguardando o presidente e ministros.

“É um prazer falar com vocês,” disse o ministro Pontes. “Vocês são o futuro do Brasil, os futuros astronautas, médicos, engenheiros; o que vocês podem fazer na vida é ilimitado.” O ministro explicou aos alunos que a conexão com eles é possível por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC), que possui capacidade de banda larga de alta performance e alcance em áreas isoladas e de difícil acesso. A Telebrás é a responsável pela instalação das antenas e da infraestrutura nos pontos de presença.

Conversando com os alunos da escola, o presidente Jair Bolsonaro contou que quando era um jovem estudante, usava a biblioteca de sua escola em Eldorado, no Vale do Ribeira (SP), para buscar informações. “A gente buscava nos livros e era um processo demorado”, lembrou o presidente. “Hoje vocês tem a maior biblioteca do mundo na palma da sua mão, com um aparelho conectado à internet, com informações rápidas do mundo todo.”

O presidente destacou que o SGDC tem capacidade para 50 mil pontos de conexão. Até o momento, o MCTIC, em parceria com a Telebras, já fez a instalação em mais de 3.800 pontos no território nacional, dos quais mais de 3 mil são escolas. As escolas integram o programa Educação Conectada, do Ministério da Educação (MEC). Até o mês de agosto serão 6.500 escolas atendidas pelo programa. O Gesac também atende instalações públicas como telecentros, bibliotecas, unidades de saúde, instalações das forças armadas, entre outros.


“O grande produto desses pontos de conexão é o conhecimento que será gerado,” afirmou o presidente. “Dessa forma, vocês poderão ter uma vida melhor para vocês e poderão ajudar o nosso querido Brasil.”

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, também falou a respeito do impacto do programa Gesac. “Hoje em dia é preciso desenvolver habilidades básicas de leitura, escrita e cálculo”, afirmou. “Essa iniciativa é fundamental para que os jovens de todo o Brasil possam se conectar a esse conhecimento global.”

Os ministros responderam a perguntas dos professores e alunos da escola, sobre o desafio de melhorar os investimentos na educação, entre outros assuntos. “Educação, ciência e tecnologia não são gastos, são investimento”, disse o ministro Pontes. “O governo, com toda a dificuldade de orçamento, tem trabalhado firme para resolver essa situação e realizar os investimentos necessários.”

Gesac

O programa Governo Eletrônico - Serviço de Atendimento ao Cidadão é um programa do Governo Federal, coordenado pelo MCTIC, em parceria com o MEC e o Ministério da Saúde, que oferece gratuitamente conexão à internet em banda larga – por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações, com o objetivo de promover a inclusão digital em todo o território brasileiro. O Gesac é direcionado, prioritariamente, para comunidades em estado de vulnerabilidade social, em todo o Brasil, que não têm outro meio de serem inseridas no mundo das tecnologias da informação e comunicação.

Segundo o presidente da Telebras, Waldemar Gonçalves, o ritmo de instalação das antenas está “em um patamar mais elevado”. A expectativa é de que, além das 6500 escola atendidas até agosto, o governo possa contabilizar 10 mil escolas e mais de 3 milhões de alunos até o fim do ano. “É uma meta realizável”, disse. “E é um mundo que se abre aos nossos alunos – a conectividade leva à inclusão social e digital, que é muito importante para o Brasil.”


mctic.gov.br
Fique ligado! Acompanhe nosso SITE!
Monitore o Sol AQUI