EBOLA - 1.400 pessoas morreram até agora no segundo maior surto da história, mas segundo a OMS, ainda não é uma emergência internacional.

MAIS NOTÍCIAS

A epidemia do vírus Ebola na África Ocidental foi o surto mais disseminado da doença na história, matando mais de 11.000 pessoas e se espalhando para dez países, incluindo Libéria, Serra Leoa, Espanha e Estados Unidos.

Em 14 de junho, a Organização Mundial de Saúde divulgou uma declaração que outro surto de Ebola na República Democrática do Congo e em Uganda é uma emergência de saúde na região, mas não atende aos critérios de uma emergência internacional. A ONU também declarou que o surto ainda não é uma emergência global, mas é "um evento extraordinário" de profunda preocupação.
No entanto, as autoridades estão preocupadas com a disseminação da doença e com o fato de não haver dinheiro suficiente para combatê-la.

"O Comitê está profundamente decepcionado com o fato de a OMS e os países afetados não terem recebido o financiamento e os recursos necessários para este surto", diz a declaração da OMS. "A comunidade internacional deve aumentar o finan…

Etna entra em erupção. Duas fraturas eruptivas se abriram.

MAIS NOTÍCIAS

Segundo os vulcanologistas do Observatório Engv Etna, duas novas fraturas eruptivas se abriram.

https://www.facebook.com/localteamtv/videos/578134102712369/


http://www.siracusapost.it

Fluxos de lava foram emitidos desde a noite passada por uma das novas crateras na base Sudeste e por outro vizinho, de onde a atividade estromboliana também está em andamento. De acordo com os vulcanólogos do Observatório Ingv, duas fraturas eruptivas foram abertas.

Já ontem à noite, as ferramentas do Ingv detectaram um aumento na magnitude do tremor, a atividade microssísmica que denuncia a ascensão do magma nos dutos da cratera. Então, pouco depois de 5,30 esta manhã, a lava começou a fluir das novas fraturas sob a cratera do Novo Sudeste. Embora, por enquanto, a visibilidade no vulcão é pobre devido à presença de nuvens, nenhuma emissão foi detectada de cinza vulcânica, tão temida pelos viajantes, porque pode forçar o fechamento do aeroporto de Catania.

Monitoramento ao vivo:




É uma erupção na época da entidade modesta, confinada às partes superiores do Etna, e, portanto, não gera nenhuma preocupação pelas populações. Para o diretor do Eng. De Catania, Eugenio Privitera, "estamos iniciando uma nova fase eruptiva do Etna que pode terminar em breve ou durar meses. Os fenômenos estão todos confinados à área do cume do vulcão e não constituem um perigo para centros habitados e pessoas, mas o fluxo de turistas na área deve ser controlado por sua segurança ».

Durante dias em torno de Etna houve tremores de magnitude entre 1 e 2,5, alguns dos quais são sentidos pelas populações.

http://www.ct.ingv.it/en/real-time-seismic-signal.html

Fonte: La Stampa

Fique ligado! Acompanhe nosso SITE!
Monitore as tempestades AQUI
Monitore o Sol AQUI