EBOLA - 1.400 pessoas morreram até agora no segundo maior surto da história, mas segundo a OMS, ainda não é uma emergência internacional.

MAIS NOTÍCIAS

A epidemia do vírus Ebola na África Ocidental foi o surto mais disseminado da doença na história, matando mais de 11.000 pessoas e se espalhando para dez países, incluindo Libéria, Serra Leoa, Espanha e Estados Unidos.

Em 14 de junho, a Organização Mundial de Saúde divulgou uma declaração que outro surto de Ebola na República Democrática do Congo e em Uganda é uma emergência de saúde na região, mas não atende aos critérios de uma emergência internacional. A ONU também declarou que o surto ainda não é uma emergência global, mas é "um evento extraordinário" de profunda preocupação.
No entanto, as autoridades estão preocupadas com a disseminação da doença e com o fato de não haver dinheiro suficiente para combatê-la.

"O Comitê está profundamente decepcionado com o fato de a OMS e os países afetados não terem recebido o financiamento e os recursos necessários para este surto", diz a declaração da OMS. "A comunidade internacional deve aumentar o finan…

ÍNDIA - Líquido inflamável, fogo e lava, estão sendo expelidos através de uma falha geológica, em Agartala.

MAIS NOTÍCIAS

Um líquido inflamável, semelhante a lava vulcânica estão sendo expelidos do solo nos arredores da área de Madhuban, em Agartala.
Este é o quarto incidente desse tipo que foi relatado no estado no último ano. Três desses incidentes foram relatados na área de Sabroom que fica na parte sul do estado e está muito perto de Chittagong.


Um importante geólogo da TSAC, Avisek Chaudhuri, depois de analisar as amostras coletadas no local e depois de examinar o local, disse que era necessário um exame geoquímico antes de chegar a uma conclusão. 


Ele, no entanto, disse que havia uma semelhança com o incidente relatado no Sabroom. A erupção em Sabroom foi devido à atividade vulcânica sub-superficial.

Acrescentando ainda, o geólogo Avisek Chaudhuri disse que o fogo, a fumaça e outros materiais que saem do solo são causados ​​por uma falha que passa por essa área, do deslocamento das placas tectônicas subterrâneas naquela região. 
As placas tectônicas criaram um enorme calor sub-superficial que causou o incidente.

No entanto, este assunto é motivo de preocupação para o governo Tripura, que é altamente vulnerável a terremotos, pois se encontra na zona sísmica V.


Os sete estados nordestinos - Assam, Meghalaya, Mizoram, Tripura, Nagaland, Arunachal Pradesh e Manipur - são considerados pelos sismólogos como o sexto maior cinturão propenso a terremotos do mundo.
A região sofreu um terremoto de magnitude 8,7 na escala Richter em 1897. Mais de 1.600 pessoas morreram naquele terremoto.

IndiaTimes
Fique ligado! Acompanhe nosso SITE!
Monitore o Sol AQUI