Cristão, Abiy Ahmed, ganha o Nobel da Paz por promover acordo de paz para Etiópia.

MAIS NOTÍCIAS

Abiy Ahmed Ali atuou para alcançar a paz no conflito entre a Etiópia e a Eritreia, país vizinho. Conteúdo: guiame O primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed Ali, é o ganhador do Prêmio Nobel da Paz 2019. O nome do vencedor foi anunciado na manhã desta sexta-feira (11) pelo comitê do prêmio, na Noruega. Abiy é um cristão pentecostal evangélico da Igreja dos Crentes no Evangelho Pleno. O político superou outros favoritos para o prêmio deste ano, entre os quais o líder indígena brasileiro Raoni Metuktire e a ativista sueca Greta Thunberg. O Nobel da Paz conquistado por Abiy Ahmed foi por sua atuação para alcançar a paz no conflito entre Etiópia e a Eritreia, país vizinho. Os dois países travaram uma guerra de fronteira de 1998 a 2000. Eles restauraram as relações em julho de 2018, após anos de hostilidade.

"Quando Abiy Ahmed se tornou o primeiro-ministro em abril de 2018, ele deixou claro que desejava retomar o ritmo das negociações com a Eritreia. Em estreita cooperação…

ÍNDIA - Líquido inflamável, fogo e lava, estão sendo expelidos através de uma falha geológica, em Agartala.

MAIS NOTÍCIAS

Um líquido inflamável, semelhante a lava vulcânica estão sendo expelidos do solo nos arredores da área de Madhuban, em Agartala.
Este é o quarto incidente desse tipo que foi relatado no estado no último ano. Três desses incidentes foram relatados na área de Sabroom que fica na parte sul do estado e está muito perto de Chittagong.


Um importante geólogo da TSAC, Avisek Chaudhuri, depois de analisar as amostras coletadas no local e depois de examinar o local, disse que era necessário um exame geoquímico antes de chegar a uma conclusão. 


Ele, no entanto, disse que havia uma semelhança com o incidente relatado no Sabroom. A erupção em Sabroom foi devido à atividade vulcânica sub-superficial.

Acrescentando ainda, o geólogo Avisek Chaudhuri disse que o fogo, a fumaça e outros materiais que saem do solo são causados ​​por uma falha que passa por essa área, do deslocamento das placas tectônicas subterrâneas naquela região. 
As placas tectônicas criaram um enorme calor sub-superficial que causou o incidente.

No entanto, este assunto é motivo de preocupação para o governo Tripura, que é altamente vulnerável a terremotos, pois se encontra na zona sísmica V.


Os sete estados nordestinos - Assam, Meghalaya, Mizoram, Tripura, Nagaland, Arunachal Pradesh e Manipur - são considerados pelos sismólogos como o sexto maior cinturão propenso a terremotos do mundo.
A região sofreu um terremoto de magnitude 8,7 na escala Richter em 1897. Mais de 1.600 pessoas morreram naquele terremoto.

IndiaTimes
Fique ligado! Acompanhe nosso SITE!
Monitore o Sol AQUI