ATENÇÃO! Cinzas do Vulcão Ubinas sobre SP, PR e RJ!

MAIS NOTÍCIAS

Vulcão Ubinas, no Peru, registra maior explosão em 300 anos. Texto de Everton S. Gonçalves  Pluma de cinzas vulcânicas chegam sobre o centro sul do Brasil nessa manhã de sábado, originada da erupção do vulcão Ubinas no Peru.



Mais cedo estavam concentradas sobre PR e SP. Agora estão concentradas entre SP e RJ, avançando para o mar.  Como estão em altitudes bem elevadas, vai ser pouco sentido pela população. 
No máximo, o céu vai ficar cinzento durante o dia e o pôr do sol pode ser diferenciado, na luminosidade e cores, principalmente mais avermelhado e rosado.
Em 2015 as cinzas do Vulcão Cabulco, no Chile, chegaram ao Sudeste do Brasil. As imagens abaixo mostram o efeito óptico atmosférico causados pelas cinzas ao Pôr do Sol.



Mas vale destacar que cinzas vulcânicas são um grande risco para a aviação. Queromos acreditar que nossas autoridades estejam monitorando essa situação.




Com informações de Everton S. Gonçalves 
Em atualização...
Fique ligado! Acompanhe nosso SITE! Monitore…

Ministros de Bolsonaro sofrem ameaças de grupo terrorista.

MAIS NOTÍCIAS

Do R7
Damares Alves, ministra da Mulher, Direitos Humanos e Família e Ricardo Salles, do Meio Ambiente sofrem ameaça do grupo Secret Wilderness Society.
As ameaças vem sendo publicadas no site Maldición Eco-extremista (ME), que se apresenta como "dedicado ao estudo dos pensamentos contrários ao progresso humano".
De acordo com a Revista Veja, a Polícia Federal e a Abin investigam o grupo, chamado em documento sigiloso em português de "Sociedade Secreta Silvestre", que teria ainda feito ameaças ao presidente Jair Bolsonaro. 


Na mais recente ameaça da organização, publicada em 9 de maio, sempre em inglês, Damares é apontada como o principal alvo dos terroristas no Brasil. O grupo faz textualmente ameças de morte à ministra e sugere ameaças à Bolsonaro: "Damares, você pode estar andando no vale da morte, em cascas de ovos, ou melhor, em um campo minado. Você já pensou em um culto em sua igreja voando pelos ares como no Sri Lanka? Ou em um evento político dele? E uma toxina mortal em algum alimento dele? Uma bala na cabeça enquanto viaja para o trabalho? Precauções têm limites quando você é uma figura pública e, além disso, as paredes têm olhos. Estamos dispostos a levar isso às consequências mais extremas. O silêncio precede a explosão, apenas espere". 

No mesmo texto, o grupo reivindica dois atentados recentes no Distrito Federal, um frustrado e outro que se concretizou. O frustado foi uma mochila detonada pela polícia na frente do Santuário Menino Jesus, em Brazlândia, na noite de natal, associada, inclusive, à posse de Bolsonaro. De acordo com o comunicado do grupo: "A mídia marcou e está certa, certamente a maior ameaça até então veio de nós, da Sociedade Secreta Wilderness, quando saímos de uma igreja em Brazlândia, um aparelho explosivo de 5 quilos com alto poder destrutivo. Nós não nos importamos com quantos teríamos matado e se estávamos alvejando um grupo específico".

A sociedade diz ainda que a polícia prendeu algumas pessoas "aleatórias" na investigação do atentado, mas que não chegou a eles, que continuam "desenvolvendo e atacando". 

O outro atentado reivindicado pelo grupo foi a destruição de dois carros do Ibama na Floresta Nacional de Brasília, que foram queimados na madrugada de 28 de abril dentro do estacionamento. Os Bombeiros foram chamados e ninguém se feriu. O atentado está sendo investigado pela polícia local. O grupo diz ter deixado "um rastro de destruição (...). Nesta ocasião, estamos concentrando nossas ameaças especialmente em Ricardo Salles, e essa é uma das razões para o objetivo escolhido (ICMBio e IBAMA)". 

O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos confirma as ameaças à ministra Damares, que seriam cerca de 145 desde que assumiu a função. Informa ainda que todas as medidas de segurança foram tomadas para assegurar a integridade da ministra e de sua família.

Procurado, o Ministério do Meio Ambiente ainda não respondeu aos questionamentos do R7 Planalto. A Polícia Federal informou que não comenta investigações em curso.

Conteúdo: R7

Fique ligado! Acompanhe nosso SITE!
Monitore o Sol AQUI