ATENÇÃO! Cinzas do Vulcão Ubinas sobre SP, PR e RJ!

MAIS NOTÍCIAS

Vulcão Ubinas, no Peru, registra maior explosão em 300 anos. Texto de Everton S. Gonçalves  Pluma de cinzas vulcânicas chegam sobre o centro sul do Brasil nessa manhã de sábado, originada da erupção do vulcão Ubinas no Peru.



Mais cedo estavam concentradas sobre PR e SP. Agora estão concentradas entre SP e RJ, avançando para o mar.  Como estão em altitudes bem elevadas, vai ser pouco sentido pela população. 
No máximo, o céu vai ficar cinzento durante o dia e o pôr do sol pode ser diferenciado, na luminosidade e cores, principalmente mais avermelhado e rosado.
Em 2015 as cinzas do Vulcão Cabulco, no Chile, chegaram ao Sudeste do Brasil. As imagens abaixo mostram o efeito óptico atmosférico causados pelas cinzas ao Pôr do Sol.



Mas vale destacar que cinzas vulcânicas são um grande risco para a aviação. Queromos acreditar que nossas autoridades estejam monitorando essa situação.




Com informações de Everton S. Gonçalves 
Em atualização...
Fique ligado! Acompanhe nosso SITE! Monitore…

RÚSSIA - Pelo menos 41 pessoas morreram em aterrissagem de emergência em Moscou.

MAIS NOTÍCIAS

Um avião pertencente à companhia aérea russa Aeroflot pegou fogo ao fazer um pouso de emergência em Moscou.

usatoday

Pelo menos 41 pessoas morreram no incêndio, incluindo crianças, anunciou o Comitê de Investigação da Rússia. Cerca de sete pessoas ficaram feridas, disseram autoridades.




O vídeo mostra o avião em chamas enquanto ele ruge pela pista. Depois que ele para, alguns passageiros pulam em escorregadores infláveis.


Um passageiro filmou o momento de dentro do avião


O Sukhoi Superjet, que tinha 73 passageiros e cinco tripulantes, solicitou um pouso de emergência, informou a agência de notícias russa Tass. Sukhoi disse que o pouso forçado pode ter acendido o fogo.

usatoday

Um correspondente do site de notícias russo RT estava em um avião próximo e viu o pouso.
"Estávamos muito perto do avião, que estava completamente em chamas", disse Boris Kuznetsov. "As chamas eram enormes. Foi muito difícil para os serviços de emergência combater o incêndio ".


A Aeroflot, maior companhia aérea da Rússia, disse em um comunicado que o voo SU1492 estava programado para voar de Moscou para a cidade russa de Murmansk. O comunicado informou que o avião sofreu um incêndio no motor depois de ser forçado a retornar ao aeroporto internacional de Sheremetyevo devido a problemas técnicos. Nenhum detalhe sobre esses problemas foi liberado.

O incêndio foi rapidamente extinto e os passageiros puderam sair da aeronave pelas saídas de emergência, informou a companhia aérea. Assistência médica foi imediatamente fornecida aos feridos, segundo o comunicado.

usatoday

"Uma investigação foi lançada sobre o incidente, e a Aeroflot ativou sua equipe de resposta à crise", disse o comunicado.
O Comitê de Investigação lançou uma investigação criminal para determinar se as regras de segurança de operação de aeronaves foram violadas. Tal investigação é padrão em acidentes que alegam a vida de duas ou mais pessoas. Sukhoi disse que foi representado no painel.

A companhia informou que o avião foi produzido em agosto de 2017 e recebeu manutenção programada há cerca de um mês.
O aeroporto, o maior e mais movimentado da Rússia, disse que forneceu assistência psicológica às famílias das vítimas.

usatoday