ATENÇÃO! Cinzas do Vulcão Ubinas sobre SP, PR e RJ!

MAIS NOTÍCIAS

Vulcão Ubinas, no Peru, registra maior explosão em 300 anos. Texto de Everton S. Gonçalves  Pluma de cinzas vulcânicas chegam sobre o centro sul do Brasil nessa manhã de sábado, originada da erupção do vulcão Ubinas no Peru.



Mais cedo estavam concentradas sobre PR e SP. Agora estão concentradas entre SP e RJ, avançando para o mar.  Como estão em altitudes bem elevadas, vai ser pouco sentido pela população. 
No máximo, o céu vai ficar cinzento durante o dia e o pôr do sol pode ser diferenciado, na luminosidade e cores, principalmente mais avermelhado e rosado.
Em 2015 as cinzas do Vulcão Cabulco, no Chile, chegaram ao Sudeste do Brasil. As imagens abaixo mostram o efeito óptico atmosférico causados pelas cinzas ao Pôr do Sol.



Mas vale destacar que cinzas vulcânicas são um grande risco para a aviação. Queromos acreditar que nossas autoridades estejam monitorando essa situação.




Com informações de Everton S. Gonçalves 
Em atualização...
Fique ligado! Acompanhe nosso SITE! Monitore…

Vulcão de Lama Piparo - Aumento da pressão sinaliza eminente erupção.

MAIS NOTÍCIAS

A pressão está crescendo sob o vulcão de lama Piparo, em Trinidad e Tobago, aumentando os temores de que outra erupção seja iminente. 
Geólogos disseram que mudanças ativas também foram observadas na superfície e na subsuperfície de fontes vulcânicas que explodiram há 22 anos, matando animais e pássaros.


Xavier Moonan, geocientista sênior da Touchstone Exploration, disse que estudos recentes feitos no ano passado no vulcão Piparo confirmam que o vulcão está mostrando mudanças ativas.


O vulcão tem uma ciclicidade de grandes erupções a cada 25 a 30 anos, disse Moonan. "Como tal, pode-se interpretar que uma erupção pode ser iminente".

"Podemos confirmar que o respiradouro está subindo, mas durante a estação chuvosa as lamas estão sendo erodidas em um ritmo mais rápido do que está subindo", disse Moonan. "Podemos estimar que não houve erosão do vulcão de lama nos últimos dois anos". anos, a área de ventilação central teria sido pelo menos dez pés mais alta ", disse ele.


"Embora os dados atualmente sugiram que o vulcão de lama está 'inchando' à medida que a pressão aumenta, nossas descobertas ainda são preliminares, já que tendências a longo prazo são necessárias para afirmar de forma conclusiva o status do vulcão de lama. 


A comunidade e todos aqueles que atravessam o vulcão de lama diariamente devem ser vigilantes e informar a Corporação Regional para quaisquer sinais de atividade aumentada ", disse ele.

"Ao comparar a pesquisa de 2018 a 2019, podemos observar as mudanças ocorridas no respiradouro principal. A ventilação tornou-se mais restrita e deslocou-se para o sudeste. Essas mudanças ocorridas abaixo do solo correspondem a alterações observadas nos modelos 3D de elevação as pesquisas de drones ", disse Moonan.


Fonte: Watchers

Fique ligado! Acompanhe nosso SITE!
Monitore o Sol AQUI