ATENÇÃO! Cinzas do Vulcão Ubinas sobre SP, PR e RJ!

MAIS NOTÍCIAS

Vulcão Ubinas, no Peru, registra maior explosão em 300 anos. Texto de Everton S. Gonçalves  Pluma de cinzas vulcânicas chegam sobre o centro sul do Brasil nessa manhã de sábado, originada da erupção do vulcão Ubinas no Peru.



Mais cedo estavam concentradas sobre PR e SP. Agora estão concentradas entre SP e RJ, avançando para o mar.  Como estão em altitudes bem elevadas, vai ser pouco sentido pela população. 
No máximo, o céu vai ficar cinzento durante o dia e o pôr do sol pode ser diferenciado, na luminosidade e cores, principalmente mais avermelhado e rosado.
Em 2015 as cinzas do Vulcão Cabulco, no Chile, chegaram ao Sudeste do Brasil. As imagens abaixo mostram o efeito óptico atmosférico causados pelas cinzas ao Pôr do Sol.



Mas vale destacar que cinzas vulcânicas são um grande risco para a aviação. Queromos acreditar que nossas autoridades estejam monitorando essa situação.




Com informações de Everton S. Gonçalves 
Em atualização...
Fique ligado! Acompanhe nosso SITE! Monitore…

Weintraub quer dinheiro recuperado de corrupção na Petrobras, R$ 2,4 bilhões, investidos em educação.

MAIS NOTÍCIAS

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que a atual gestão não está parada na busca por novas receitas na pasta. Ele disse que quer aplicar na educação os recursos recuperados de atos de corrupção praticados na Petrobras.

“O dinheiro roubado está voltando, e ele pode servir de alívio. Que os reitores venham conversar conosco”, disse o ministro. O montante é de cerca de US$ 600 milhões (equivalente a R$ 2,4 bilhões) e seria aplicado em educação e saúde.
O ministro anunciou a medida durante sabatina no plenário da Câmara dos Deputados. Durante mais de três horas, Weintraub explicou dados orçamentários do ministério, incluindo o contingenciamento, que visa sanear as contas públicas.

“Quando você contingencia recursos, você não fica parado, como no passado se ficava. Nós corremos atrás!”, afirmou o ministro.
De acordo com Weintraub, esses recursos já estão no Brasil. A alocação da verba na educação está sendo analisada com a Advocacia-Geral da União (AGU), o Ministério Público, o Supremo Tribunal Federal (STF) e os ministérios da Educação e da Economia.

mec.gov


Fique ligado! Acompanhe nosso SITE!
Monitore o Sol AQUI