RÚSSIA - Níveis de radiação aumentam 16 vezes após explosão de foguete com 5 mortes.

MAIS NOTÍCIAS

A agência nuclear estatal da Rússia, Rosaton, informou que o acidente ocorreu durante teste de um motor em uma plataforma marítima no Mar Branco, provocando a morte de pelo menos cinco cientistas e ferindo três.


A Rússia reconheceu neste sábado, após dois dias de silêncio, que a explosão ocorrida na última quinta-feira em uma base de lançamento de mísseis próxima do Ártico teve um caráter nuclear, com um saldo de cinco mortos.
Observem a onda de choque nos vídeos abaixo:

A explosão assustou as populações locais e fez com que as pessoas corressem às farmácias, nas cidades de Arkhangelsk e Severodvinsk, e esgotassem os estoques de iodo medicinal, usado para diminuir os efeitos da exposição à radiação.

Em comunicado, a agência nuclear russa, Rosatom, anunciou que cinco membros do seu quadro morreram na explosão e outras três pessoas sofreram queimaduras. Autoridades militares não informaram sobre a possível presença de combustível nuclear no acidente, que ocorreu na região d…

Os Raios Cósmicos estão aumentando - e poderia afetar o clima da Terra.

MAIS NOTÍCIAS

Raios Cósmicos aumentam pelo 4º Ano consecutivo
Raio Côsmico registado em 2013 - Foto: Meire Ruiz/Itanhaém/SP

Essa descoberta vem de uma campanha de lançamentos de balões quase semanais em alta altitude. Desde março de 2015, houve um aumento de ~ 13% nos raios X e raios gama na região central da Califórnia.


Os pontos cinzentos no gráfico são dados do balão Earth to Sky


Sobreposta a essa série temporal está um registro de dados de monitor de nêutrons do Observatório Geofísico de Sodankyla, em Oulu, na Finlândia. A correlação entre os dois conjuntos de dados é impressionante, especialmente considerando sua ampla separação geográfica e diferentes metodologias. Os monitores de nêutrons são considerados há muito tempo um “padrão ouro” para monitorar raios cósmicos na Terra. Isso mostra que nossos balões construídos pelos alunos estão coletando dados de qualidade semelhante.


Os lançamentos de balões Earth to Sky em vários países e estados dos EUA mostram que esse é um fenômeno generalizado.

Por que os raios cósmicos estão aumentando? 
A resposta curta é "mínimo solar". Neste momento, o ciclo solar de 11 anos está mergulhando em um dos mínimos mais profundos da era espacial. 
Um dos impactos naturais da diminuição da atividade solar é o enfraquecimento do vento solar ambiente e do seu campo magnético que, por sua vez, permite que cada vez mais raios cósmicos penetrem no Sistema Solar, sinalizado que não está nos protegendo como de costume da radiação do espaço profundo. 


Raios cósmicos são de interesse para qualquer um que voe em aviões. 
A Comissão Internacional de Proteção Radiológica classificou os pilotos como trabalhadores de radiação ocupacional por causa das doses de raios cósmicos que recebem enquanto voam. 

Um estudo recente realizado por pesquisadores da Escola de Saúde Pública de Harvard mostra que os comissários de bordo enfrentam um risco elevado de câncer em comparação com os membros da população em geral. 
Eles listaram os raios cósmicos como um dos vários fatores de risco. 

Há também estudos que sugerem que os raios cósmicos promovem a formação de nuvens na atmosfera; se assim for, o aumento dos raios cósmicos poderia afetar o clima da Terra.



Fique ligado! Acompanhe nosso SITE!
Monitore as tempestades AQUI
Monitore o Sol AQUI